domingo, 9 de março de 2014

primeira semana de internação.

Sinto-me mal. Tenho nos olhos um vermelhidão tal qual a cor dessa tinta no papel. Espalho por essa primeira semana ódio e dor. Toca música na televisão e, o que me esvazia, enche-me de esperança. Nas possíveis horas de falar ao telefone sou sempre solicitada. É uma alegria isso. Minha cabeça dói tanto que mal consigo dormir. Não sei como sobrevivi a tamanha pancada. Deus existe sim. Eu sou um de seus milagres. Certa disso estou. Conheço pessoas a cada dia. Pareço até um tanto quanto 'normal' perto delas. O que me assusta é o recomeço. Tudo outra vez. Faculdade, trabalho, casa. Quê fazer? Como  fazer? Agora só tenho tempo de me cuidar. São tantas as medicações, tantas as incertezas... Pareço tonta; e estou. Hoje faz uma semana que aqui estou. Só o que quero é a cura. Se for possível a cada amanhecer.



nota: texto escrito por mim em  um pedaço de papel na minha primeira semana internada. Era a minha forma de registrar o que eu sentia e vivia. Hoje estou bem. Sob cuidados, mas sem problemas aparentes.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Mayra, ando seguindo suas postagens... mas devido à distância não sei do que se trata... deixo aqui meu sincero voto por vc, que fique tudo bem e tbm a certeza de que DEUS existe e podee todas as coisas... forte abraço amiga... se cuida... S2

    ResponderExcluir
  3. Lindo minha menina, tudo tem a mão de Deus e um ensinamento força sempre e saiba que vc é muito amada ,Bjss

    ResponderExcluir